Tudo a um toque

O monitor touch é uma tela sensível ao toque que o detecta dentro da área de exibição, por meio de pressão, reconhecendo um dedo, uma mão ou até mesmo objetos, como uma caneta.

Monitores TouchScreen estão se tornando cada vez mais comuns à medida que seus preços caem. Hoje já é comum encontrarmos essa tecnologia em totens de atendimentos, lojas, shoppings, hospitais, aeroportos, entre outros.

Sistema Resistivo

O sistema resistivo é formado por um painel de vidro normal, recoberto por uma camada metálica condutora e uma resistiva. Estas duas camadas são mantidas afastadas por espaçadores e uma camada resistente a riscos é colocada por cima de todo o conjunto.

Uma corrente elétrica passa através das duas camadas enquanto o monitor está sendo usado. Quando uma pessoa toca na tela, as duas camadas fazem contato exatamente naquele ponto. A mudança no campo elétrico e as coordenadas do toque são calculadas pelo computador.

Logo que as coordenadas são conhecidas, um driver especial traduz o toque em algo que o sistema operacional possa entender, parecido com o que faz o drive do mouse do computador ao traduzir seus movimentos ao clicar ou arrastar.

Sistema Capacitivo

Já no sistema capacitivo, uma camada que armazena a carga elétrica é colocada no painel de vidro do monitor. Quando alguém clica no monitor com seu dedo, parte da carga é transferida para essa pessoa, de modo que a carga na camada capacitiva diminui.

Considerando as diferenças relativas de carga em cada canto, o computador calcula exatamente onde ocorreu o toque e então envia esta informação para o software do driver da tela sensível.

Uma vantagem que o sistema capacitivo apresenta sobre o resistivo é que ele transmite quase 90% da luz do monitor, enquanto o sistema resistivo transmite apenas 75%. Isso dá ao sistema capacitivo uma imagem muito mais clara do que o sistema resistivo.

Sistema de onda acustica superficial

Um dos menos conhecidos é o sistema de onda acústica superficial. Dois transdutores (um receptor e um emissor) são posicionados ao longo dos eixos X e Y da placa de vidro do monitor. Refletores também são instalados, e enviam de volta um sinal elétrico originado de um transdutor para o outro.

O transdutor receptor é capaz de informar se a onda foi perturbada por um evento de toque em qualquer instante e localizá-lo. A configuração por onda acústica não possui camadas metálicas sobre telam permitindo a passagem de 100% da luz e uma claridade perfeita da imagem.

Diferenças

Como vimos, o sistema de onda acústica superficial é ideal para exibição de gráficos detalhados, devido a passagem total de luz. Os sistemas resistivo e capacitivo acabam bloqueando um pouco de luz.

Outra área que os sistemas diferem é quanto aos estímulos que serão registrados como um evento de toque. O sistema resistivo registra um toque enquanto as duas camadas estiverem em contato, o que significa que não haverá diferença se você tocar com o seu dedo ou com uma borracha. Por outro lado, um sistema capacitivo precisa de uma entrada condutora, que geralmente é seu dedo, para registrar o toque. Já o sistema de onda acústica superficial funciona de forma parecida com o resistivo, permitindo o toque com quase qualquer objeto, exceto os muito duros e pequenos, como a ponta de uma caneta.

Quanto ao preço, o sistema resistivo é o mais barato, pois sua claridade é a menor dos três sistemas e sua camada pode ser danificada por objetos afiados. O sistema de onda acústica geralmente é o mais caro de todos.

Solicite um orçamento